Sexta-Feira, 29 de maio de 2020 Nossa história      

Notícias

Em meio a Pandemia do Covid-19, Prefeitura Municipal de Isaias Coelho, através da Secretaria de Educação, distribuiu cerca de 800 Kits de alimentos da merenda escolar

Famílias contempladas foram a dos alunos de baixa renda

Em mais uma ação com o intuito de oferecer suporte à população no enfrentamento ao período de pandemia do Coronavírus, a Prefeitura Municipal de Isaías Coelho, através da Secretaria Municipal de Educação, distribuiu cerca de 800 kits de alimentação da merenda escolar para as famílias em vulnerabilidade social.

Para desenvolver a ação de forma legal, a Secretaria Municipal de Educação levou em consideração o decreto Nº 11 de 03 de abril de 2020, assinado pelo prefeito municipal, que dispõe sobre a distribuição de Kits de Alimentação Escolar para os alunos de baixa renda durante a suspensão das aulas devido a pandemia de Coronavírus, e ainda, a recomendação do Ministério Público do Piauí através da Nota Técnica Conjunta de Nº 02/2020/CAODEC/CACOP/MPPI.

A distribuição desses kits de alimentação escolar foi realizada entre os dias 04 e 07 de abril, para as famílias de baixa renda que têm filhos matriculados e que são atendidas por programas como o Bolsa Família.

Equipe da educação coordenou ação

A Secretária Municipal de Educação, Rosa Nair Mauriz, informou que houve o contato com as famílias que seriam beneficiadas, e que a referida entrega foi feita pela a equipe de Coordenadores Pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação e os diretores das escolas. “A distribuição foi feita através de agendamento de horários, atendendo assim as recomendações do Ministério da Saúde, que solicitam evitar formação de filas e aglomerações. Em algumas localidades da zona rural a distribuição aconteceu nas residências das famílias beneficiadas”, disse.

Equipe foi até as residencias da zona rural

A secretária destacou ainda que os Kits foram formados com os alimentos que fazem parte da merenda escolar e que foi feita uma planilha, onde o pai, a mãe ou o responsável pelo aluno assinou, buscando assim, que tudo ocorresse de forma legal.